Resenha: O Sol é para todos – Harper Lee

img_7990

Titulo: O Sol é para Todos
Autor: Harper Lee
Páginas: 364
Editora: José Olympio
ISBN: 978-85-03-00949-2
Sinopse: Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. O sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações. Com nova tradução e projeto gráfico, este clássico moderno volta à cena, justamente quando a autora lança uma continuação dele, causando euforia no mercado. Desde o anúncio de sua sequência, O sol é para todos é um dos livros mais buscados e acessados no site do Grupo Editorial Record. Já vendeu mais de 30 milhões de cópias nos Estados Unidos e, no último ano, ganhou a recomendação do presidente Barack Obama, que proferiu o seguinte elogio: “Este é o melhor livro contra todas as formas de racismo”. Vencedor do Prêmio Pulitzer. Escolhido pelo Library Journal o melhor romance do século XX. Eleito pelos leitores de Modern Library um dos 100 melhores romances em língua inglesa. Filme homônimo venceu o Oscar de melhor roteiro adaptado.

Olá pessoal,

Estava um pouco sumidinha por aqui, né? Peço desculpas, até tenho feito algumas postagens no IG e na página.

“O sol é para todos” é um daqueles livros que você lê e leva para a vida toda. O leitor  é levado para uma profunda reflexão, sobre rascimos e injustiças da vida. Mesmo o livro ter sido escrito em meados dos anos   1930,  infelizmente sabemos que é um assunto mais atual do que cogitamos, um tema polêmico até nos nossos dias. 

A história é contada pela visão de Scout, filha mais nova do advogado  Atticus Finch. Scout relata sua vida na Maycomb, uma cidade antiga e decadente, a família mora na principal rua residencial de Maycomb, Scout, Jem (seu irmão mais velho) Atticus e Calpúrnia, a cozinheira. É neste ambiente que eles conhecem Dill um garoto de 4 anos que se torna um amigo inseparável. Neste contexto eles vivem momentos excepcionais e aventuras surpreendentes, até que acontece um incidente com uma branca e um negro e Atticus como advogado é escalado para defender o negro chamado Tom Robinson. Em meio a todos esses eventos as crianças tentam com peraltices da idade tentar tirar o vizinho Arthur Radley de casa, a quase 15 anos ele foi aprisionado em casa para não causar mais problemas, virando assim uma lenda. E as crianças queriam desvendar os mistérios da desaparecimento de Boo Radley.

“Ninguém sabia de que tipo de intimidação o sr. Radley lançava mão para manter Boo fora de vista, mas Jem achava que ele ficava acorrentado à cama quase todo tempo. Atticus dizia que não, que não era nada disso, que havia outras maneiras de fazer alguém virar um fantasma.” (21)

A parte hilária da história é quando as crianças cometem várias travessuras, tentando arrumar um jeito para tirar Boo de casa, foram tramando planos conforme vai se seguindo. As conversas e as estratégias que vão ocorrendo é que faz o leitor ficar mais encantado por dar uma leveza na trama. 

Os diálogos das crianças com Atticus é o ponto mais relevante e que me chamou a atenção sobre a personalidade de Atticus, um homem doce e inteligente que faz seus filhos pensarem e serem justos com todos os acontecimentos que se seguem. O relacionamento deles como família é intenso e terno, o que me chamou a atenção e me fez amar o personagem do Atticus.

“- Em primeiro lugar, Scout – disse ele -, se aprender um truque simples, vai se relacionar melhor com todo o tipo de gente. Você só consegue entender uma pessoa de verdade quando vê as coisas do ponto de vista dela.” (43)

Se torna mais intenso quando o Tom Robinson está prestes a ser julgado, algumas pessoas da cidade começam a perseguir Atticus e sua família por ele um advogado branco defender um negro. Ele sofre todo tipo de ameaça. Porém, Atticus não se deixa atemorizar e continua seguindo sua vida da mesma forma que sempre seguiu. Seus filhos vão seguindo em frente, temendo pela vida do seu pai e chega um determinado momento que Jem tem que tomar uma atitude e se revela um rapaz de caráter e coragem. E quando eles menos esperam algo extraordinário acontece em meio a confusão e o medo. Eles aprenderam a olhar com veemência e em especial tirar o melhor das pessoas quando as conhecem de verdade.

“Para mim não há nada mais repugnante do que um branco de quinta categoria tirar vantagem da ignorância de um negro. Podem ter certeza: essa divida está aumentando e um dia  vamos pagar essa conta. Espero que até lá vocês já tenham morrido.” (275)

Eles aprenderam a olhar com veemência e em especial tirar o melhor das pessoas quando as conhecem de verdade.

Bom pessoal, não vou me alongar nesta resenha, como vocês podem perceber quando eu gosto de um livro me alongo demais, né?  Eu já algum tempo queria ler o livro e encontrei uma oportunidade excelente quando o escolhemos para discussão em grupo no Skoob – Clube do Livro quem quiser participar ou tiver interesse em ler nossas discussões é só entrar no link, okay! 

Quem ainda não teve a oportunidade de ler “O sol é para todos” eu sugiro que leiam, se tornou um dos meus preferidos.

Um grande abraço

Daniela Corrêa

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: O Sol é para todos – Harper Lee

  1. marinafaedda disse:

    Oi Dani!

    Você passou pra me visitar lá no blog e eu demorei a retribuir a visita, mas aqui estou! Adorei a sua escolha de livro e sua resenha também! “O Sol é para Todos” já fez sua aparição lá no blog também, mas como não é exatamente um lançamento hiper popular (hahaha) quase não acho opiniões sobre ele em lugar algum!

    Adorei seu cantinho! Beijos! =)

    http://mundodamarina.com/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s