Resenha: O Lado Feio do Amor – Colleen Hoover 

  
Características: 

Livro: O Lado Feio do Amor

Autor: Colleen Hoover

Páginas: 336 

Editora: Galera Record

Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo. (Skoob

Olá Pessoal, 

Eu li  O Lado Feio do Amor para o Lendo & Comentando do nosso grupo do Facebook Clube de Amigos Leitores, todo mês nós escolhemos um gênero literário para leitura, este mês escolhemos romance e o livro mais votado foi O Lado Feio do Amor da Collen Hoover. Ainda, não havia lido Nada da Collen (para variar,né?) e para dizer a verdade eu realmente evito ler esses livros que são modinha entre as adolescente, calma! Vou explicar, como eu tenho um certo fascínio para livros clássicos da literatura, raramente me aventuro a ler livros no estilo “new Adulto” por pura implicância, mesmo! E também porque estou numa idade digamos assim mais madura e não deixo o lado menina avançar. Rsrsr! 

Então, gente! Deixando de papo furado, quero deixar claro para vocês que me surpreendi 😱 sério, mesmo! Eu sinceramente apesar de todas as minhas duvidas execráveis e tirando de lado os meus preconceitos literários, Collen arrasou comigo! 

O livro é de um fundo emocional latente, entende? Tive que parar algumas vezes para respirar, porque eu coração pulsava muito forte em determinadas ocasiões. Apesar dos clichês, sim tem alguns clichês! Eu gostei da escrita, confesso que fiquei intrigada com o excesso de poesia do personagem na versão adolescente, achei forçado. 

Ela é como poesia. Como prosa e cartas de amor e letras, em cascata para baixo o centro de uma página Rachel, Rachel, Rachel 

Porém, entendo que a autora queria mostrar o lado infantil e apaixonante de Miles. Digo que desejei várias vezes matar a Tate pelo excesso de submissão, no entanto percebi que se ela tivesse outra atitude provavelmente não teria conquistado o coração do Miles. 

A última coisa que quero é que ele me veja chorando. Tanto quanto eu sei que eu estou longe demais para continuar tratando esse sexo como casual, eu também estou longe demais para parar. Eu tenho pavor de perdê-lo por bem, então eu vou me vendo um pouco e pego o que eu posso dele embora eu saiba que eu mereço mais. 

Amei todos os personagens em determinadas cenas envolventes, intensos e fortes. 

“”Tate” ele sussurra. “Eu sei que eu irei me arrepender de dizer isso, mas eu quero que você escute.” Ele me puxa de volta somente o suficiente para seus lábios encontrarem o meu cabelo, então me aperta forte de novo. “Se eu fosse capaz de amar alguém…seria você.” Meu coração quebra com as suas palavras, e eu sinto a esperança ecoar e fugir pra fora novamente, “mas eu não sou capaz. então se isso for muito difícil…””

Miles tem um segredo para ser revelado e ele só poderá amar “Tate” quando suas dores passadas puderem sair do seu íntimo, quando puder abandonar o passado e estar livre para viver o presente e o futuro. 

A leitura é intensa e a cada capítulo o leitor conhece um pouco da história de Miles, Rachel e Tate, a narrativa é na primeira pessoa e são atuais. O mais interessante é a mistura entre o passado e o presente e quando eles se juntam formam o ápice do livro explicando  os motivos da “frieza” e “fuga” de Miles. Que não me enganou em nenhum momento, Miles era intenso nos seus sentimentos e em alguns deixou o vácuo do que realmente estava sentindo. 

O livro não é sobre amor, cumplicidade, união ou qualquer sentimento sobre o lado bom do amor, não espere isso. A história revela o lado feio do amor literalmente, e o título está bem encravado no texto. O livro é sobre sexo consensual e é leve, dá prazer na leitura você lê vorazmente com sentimento. O final é surpreendente e levíssimo.

Agora você pode me perguntar leria novamente? Gostou da autora? Mudou sua concepção? 

Sim, sim e sim…entre um um livro e outro posso ler Collen Hoover…💙

Recomendo! 

Um grande abraço 

Daniela Correa

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s