Resenha: A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr 

 
Característica:

Livro: A Batalha do Apocalipse

Autor: Eduardo Spohr

Páginas: 586

Editora: Verus

Gênero: Ficção

ISBN: 978-85-7686-076-1

Sinopse: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.

Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense. (Skoob)

Olá pessoal,

Eu comecei a ler A Batalha do Apocalipse para discursão do Skoob – Clube do Livro (Aqui). Mas antes disso eu já havia visto em outros grupos literários alguns comentários sobre o autor e eram comentários bons, nesse momento  ativou em mim aquela luazinha preciso ler algo do Eduardo Spohr para ter minha própria opinião. E quando surgiu a votação para a escolha do livro do mês, alguém postou “A Batalha do Apocalipse” e eu votei neste livro e fiquei muito feliz de ser ele o ganhador.

E para alegria do meu coração esse livro também servirá para o Desafio Literario Skoob de 2016 (Desafio Literario Skoob 2016) no qual eu participo desde o ano passado. Assim, eu hoje início meu ano participando de dois eventos que tenho o maior prazer de participar.

image

Feliz de participar do grupo e do clube de leitura da corujinha mais amada do Brasil! 

Ainda não houve a discursão e já estou louca para comentar sobre o livro. Vocês me conhecem um pouco para saber o quanto gosto de ler livros de autores brasileiros, né? E no nível de Eduardo Spohr fico muito mais feliz. Gente, para tudo! ✋🏻

A história começa maçante, depois passa a ficar empolgante e maravilhosa, sem dúvida um épico, eu fiquei um pouco absorta no início, porque como não é um gênero que eu tenho costume de ler, tive que me policiar para não parar e lagar o livro pela metade. Porém, eu fui gostando do que estava lendo, em muitos momentos tive que parar um pouco para pensar ou para absorver a história dos anjos e do tempo, porque o livro é cheio de idas e voltas no tempo e espaço. Uma hora está em Roma, outra no Brasil, outra em Israel e em vários momentos em tempos antigos. E que transcende para os mundos espirituais. Tudo explicadinho sem furos ou espaços mal explicados.

A sensação que tive na leitura é que o Eduardo estudou muito para escrever esse livro. Ele não esqueceu de nenhum detalhe, usou e abusou do conhecimento espiritual para descrever esse fundo e também da história dos mundos.

O Ablon é um anjo querubim renegado excepcional, um herói sofrido e que cresce à medida que sua história é escrita e desenvolvida. A guerra do Amargedon demonstra o quanto o Anjo-heroi amadureceu. É tantos acontecimentos que permeia em volta deste anjo que se você não tem um cuidado ou uma mente boa você deixa passar alguns detalhes especiais que são explicados no final do livro.

A história envolve alguns personagens especiais e magníficos: os arcanjos Miguel, Lúcifer, Gabriel e Rafael, esse último não aparece, apenas seu nome é citado. E outros personagens importantes que tais como Orion, Amael, Apollyon (é o pior de todos os querubins – o anjo exterminador), Aziel, Nathanael entre outros não menos importantes.

🚫 (SPOLIER – Não leia esse parágrafo – SPOLIER )  👇🏼👇🏼👇🏼👇🏼👇🏼👇🏼

O livro me deixou extasiada. Em meio às guerras angelicais há um amor que nasce entre Ablon e a Shamira (personagem importante é que na minha opinião foi uma surpresa e ao mesmo tempo me deixou muito confusa) e é esse amor que muda tudo. Eduardo Spohr meio que viajou nessa história entre Ablon e Shamira, porém no final entendi perfeitamente. “O Amor que une” E a história entre Gabriel e a virgem? Olha, que eu nunca pensaria dessa forma, me deixou embasbacada. É Spolier? Leia para ver e crer! 

Ri horrores com a atitude de Lúcifer…fui surpreendida! 

✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻✋🏻parei! 

Então, pessoal leiam o livro e fiquem como eu, talvez  você tenha uma visão diferente da minha, até mais crítica, no entanto por ter sido escrito por um brasileiro e ter sido uma história fantástica ganha minha classificação de **** (4 estrelas). 

Eu raramente erro na escolha de algum livro porque tenho sempre uma visão diferente de outros blogueiros, não leio qualquer livro e minhas escolhas estão voltadas a consultas e raramente escolho um livro pela capa.  Não gosto de fazer críticas que venham a detonar nossos autores, sou até eloquente demais nesta visão do incentivo. O livro é muito bom! 

Me perdoem por ter escrito SPOLIER eu acho que exagerei…mas não vou apagar, a história é riquíssima de eventos sobrenaturais e marcante porque saiu de um gênero que não estava acostumada a ler. Tá certo,  me empolguei muito aqui, né?

 Me perdoem…

Eu vou  e quero ler outros livros do Eduardo Spohr que na minha opinião a forma como usou sua escrita me deixou empolgada e interessada, espero que ele não mude sua essência e seu dom, porque escrever é isso envolver os leitores e levá-los ao centro do mundo imaginário, assim com outros autores de renome internacional do mesmo gênero literário.

Um abraço

Feliz Ano Novo! 

Daniela Correa

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s