Resenha: Quando Ela se Foi – Harlan Coben

IMG_2164

Característica:

Livro: Quando Ela se Foi

Autor: Harlan Coben

Páginas:256

Editora: Arqueiro

ISBN: 978-85-8041-011-2

Sinopse: Dez anos atrás, Myron Bolitar e Terese Collins fugiram para uma ilha. Durante três semanas, eles se entregaram um ao outro sem pensar no amanhã. Depois disso, os dois se reencontraram apenas uma vez, quando Terese ajudou Myron a salvar seu filho e então foi embora, sem deixar vestígios. Agora, no meio da madrugada, ela telefona: “Venha para Paris.” Terese pede ajuda de Myron para localizar o ex-marido, Rick Collins, que telefonara depois de anos implorando que ela o encontrasse na capital francesa. Eles logo descobrem que Rick foi assassinado e que Terese é a principal suspeita. Porém algo ainda mais atordoante é revelado: pertp dp corpo havia longos fios de cabelo louros e uma mancha de sangue que o exame de DNA revelou pertencer à filha do casal. Só que sua única filha morrera em um acidente de carro muitos anos antes. Logo Myron se vê perseguido nas ruas de Paris e de Londres. As agências de segurança de quatro países parecem querer as mesmas informações de que ele precisa para desvendar a morte de Rick e o destino da filha que Terese pensava ter perdido para sempre. Em uma busca desesperada, Harlan Coben cria um mundo de armadilhas imprevisíveis em que conflitos religiosos, política internacional e pesquisas genéticas se mesclam a amizade, perdão e a chance de um novo começo.

Olá Pessoal,

Tenho andando um pouco sumida na rede, porém jamais dos livros e das leituras que tanto amo. Essa semana quero dar ênfase nas resenhas dos livros que estou lendo. E um deles é uma das minhas grandes paixões, os livros do Harlan Coben. Meu primeiro livro lido do Harlan Coben foi “Quando Ela se foi”, paixão à primeira vista. Esse livro é de tirar o fôlego. Ele tem 256 páginas de muita emoção, você esquece totalmente da vida, por assim dizer, quer ler em todo lugar. Eu li em três dias sem parar.

Myron Bolitar é um agente de Atletas e Celebridades, sócio e amigo do milionário Windsor Horne Lockwood III, Will,  no entanto sempre trabalha como detetive quando um amigo o procura, com o auxilio de Esperança Diaz. Myron e Will se tornaram amigos para a vida toda eles entraram juntos para o FBI e após se tornaram sócios da MB Representações.

O livro começa com a ligação de Terese Collins às cinco da manhã pedindo que ele vá para Paris, após sete anos de distância ou encontros. Terese havia ajudado Myron, a exatamente alguns anos atrás no salvamento de seu filho. E depois disso havia sumido do mapa. Myron, apesar de todo o sentimento que ainda sentia por Terese tinha uma gratidão por ela e mesmo não sabendo o que havia por trás dessa chamada de socorro, sabia que deveria ajudar a amiga. Myron vai para Paris ao encontro de Terese.

Terese havia recebido um telefonema de seu Ex-marido, Rick Collins para que fosse à Paris encontrá-lo, no entanto quando chegou ao local da instrução de Rick, ficou esperando contato que não houve. Terese estava muito preocupada porque Rick havia demostrado na sua voz um terror e ela sabia que era algo que deveria se preocupar. Após relatar a Myron tudo o que se passava entre os quatro dias que estava em Paris, num Bisrô em Saint Michel. Algo chama a atenção de Myron, uma van branca estacionada bloqueando o caminho. É quando ele vê no banco do motorista  o agente do aeroporto,  Lefebvre. E no passageiro Berleand, dois agentes de polícia que estavam à paisana desde o Aeroporto seguindo todos os passos de Myron. Myron e Terese são levados ao Quartel General da polícia francesa. É quando descobrem que Rick Collins foi assassinado e a principal suspeita é Terese Collins. Eles acharam fios de cabelos louros e sangue no local do crime, colheram sangue de Terese para fazerem amostras de DNA. Após uma hora o resultado do exame sai e todos descobrem que pertence a filha de Rick, que estava presente na cena do crime e foi agredida. Terese conta para Myron toda a sua história com Rick e sobre a filha que eles tiveram, que estaria com 17 anos de idade se não estivesse morta.

É ai que Myron começa a sua investigação particular. Ele pede para Esperanza buscar todas as informações a respeito de Rick Collins. Novamente Myron é surpreendido na rua, agora uma minivan está seguindo seus passos. E um homem de cabelo raspado com cicatrizes está a sua espera à sua mesa com uma arma apontada para Myron embaixo da mesa. Myron havia memorizado a placa da minivan. E jogou a mesa em cima do cabeça riscada. Eles travaram uma luta e perseguição. Myron consegui fugir porém a polícia o prendeu enquanto cabeça riscada conseguiu fugir ferido para dentro da van, onde estava uma garota loira de cabelos compridos. Assim começa a história de Terese e Myron, cheias de revelações, um quebra-cabeça que esta longe de ser desvendado.

A história de Terese é cheia de segredos a serem desvendados e pouco a pouco vamos conhecendo, com direito a muita luta, cenas de perseguições e mortes. Myron é um investigador nato e sagaz, amo seus diálogos, suas girias e sua maneira humanizada de ser. Ele é serio, compenetrado e brincalhão. A história é envolvente e emocionante. Vale a pena ler e se deliciar com esse romance policial, e com a irreverência de Myron Bolitar.

Um grande abraço

Daniela Corrêa

Anúncios

13 comentários sobre “Resenha: Quando Ela se Foi – Harlan Coben

    • Daniela Correa disse:

      Oi Suzi, é um livro excelente. Aliás é um dos meus queridinhos. O Harlan Coben escreve tão bem que te prende nas primeiras linhas do livro. É uma ótima história, eu sou suspeita para falar porque amo os livros dele. O único problema é que você fica viciada nos livros do autor. Rsrs!
      Beijos
      Danne

      Curtir

  1. Dayana Panassi disse:

    Olá Daniela!

    Lendo sua resenha, que está excelente e muito melhor explicada que a sinopse do livro, eu tive a impressão de estar assistindo a dois filmes ao mesmo tempo, Busca Implacável e Anjos e Demônios do Dan Brown. Achei muito parecido o cenário pela sua resenha. Eu quero muito ler os livros do Harlan, pois são cheios de mistério, perseguição é como estar vendo um filme policial de ação o tempo inteiro, só que com uma pitada mais gostosa por ser um livro.

    http://meninadeparis.com

    Beijos, fique com Deus

    Dayana

    Curtido por 1 pessoa

    • Daniela Correa disse:

      Dayana, obrigada! Os livros do Harlan Coben são os meus queridinhos exatamente pelo suspense e ação muito bem escritos. É como se estivéssemos assistindo nas telas de cinema, assim como você descreveu. Já leu Anjos e Demônios do Dan Brown? Sugiro a leitura, também! Você vai se apaixonar. Como Ela se Foi, foi o primeiro livro que li do Harlan, vale a pena ler. O grande desafio é que quando se lê um, você fica com mais vontade de ter em mãos outros livros do Harlan Coben. É amor à primeira vista, sabe?
      Beijos
      E que Deus a abençoe!
      Danne

      Curtido por 2 pessoas

    • Daniela Correa disse:

      Jessica, oi!! Vale a pena conferir, eu também não lia romance policial não, sempre fui muito voltada para Romances antigos, sabe? Mas, o Harlan Coben é um ótimo escritor, eu gostei demais da leitura. Por isso se tornou meu queridinho! É sim, ele esteve aqui no Brasil no ano passado na Bienal do livro em São Paulo. Seus livros estão na lista do New York Times!
      Beijos
      Danne

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s