SOB A REDOMA – STEPHEN KING

SOB A REDOMA.

Autor: Stephen King

Tradução: Maria Beatriz de Medina

Ficção e Suspense

ISBN: 9788581051130

Lançamento: 01/10/2012

Formato: 16 x 23

Peso: 1266 gramas

960 páginas

Sinopse: Assim que a pequena cidade de Cherter’s Mill se vê envolta por um misterioso campo de força, os moradores percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem e são separados de suas famílias com a repentina aparição da redoma. A situação fica ainda mais grave quando são expostas às conseqüências ecológicas da barreira e às maquinações de Big Jim Rennie, um político dissimulado que usa a redoma como um meio de dominar a cidade. Enquanto isso, o veterano de guerra Dale Barbara é reincorporado ao serviço militar e promovido à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda de autoridade que tal manobra poderia significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. Nesse momento que Dale se junta a uma equipe de corajosos moradores para impedir que o caos se instaure: a proprietária do jornal local, a enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas. Mas não vai ser tão fácil. Big Jim fará de tudo para alcançar seus objetivos, e qualquer um que cruzar seu caminho terá de lidar com as conseqüências. No entanto, o principal adversário dos moradores é a própria redoma. Encerradas ali, sem possibilidade de escapar, as pessoas serão obrigadas a enfrentar seus medos e impulsos, e darão voz a seus instintos mais primordiais.

Olá, pessoal,

Sob a Redoma, foi um dos primeiros do Stephen King que li, sem dúvida é o melhor autor de livros do gênero: Terror, Suspense e Ficção. E neste livro ele superou todas as expectativas no quesito suspense, com certeza nesta obra de 960 páginas você fica preso do inicio ao fim. Imagina eu levando esse livro para todos os lados e literalmente lendo em todo o lugar e foi exatamente o que eu fiz.

Eu ainda não havia assistido a Série Under the Dome, e por incrível que pareça pude deslumbrar na minha mente a cena mais espectacular do livro, quando a redoma atinge inexplicavelmente Chester’s Mill, uma cidade de interior pequena e charmosa. Stephen, detalha cada morte e cada vida sendo expurgada da cidade de um jeito singular que somente ele sabe como descrever. Até as pessoas da cidade entenderem o que realmente ocorreu quando da redoma ficam aterrorizados e cheios de medo. E é nesse momento que Big Jim Rennie o Vereador e político louco se aproveita da situação para tomar de conta de toda a cidade, aterrorizando e submetendo as pessoas nas mais diversas e cruéis situações.

Nesse momento, Dale Barbara entra em cena, preso dentro da redoma não tem outra opção a não ser lutar contra Big Jim e companhia. Um dos momentos mais pirados da história que me enojou foi quando Júnior, filho do Big Jim, tem um daqueles excesso de loucura e mata suas “amigas”,  ele esconde seus corpos e tem relações sexuais com elas, mesmo depois de mortas. Eu fiquei enojada demais. Júnior tem um relacionamento complicado com o pai mas não vê outra saída a não ser se submeter aos desmandos do pai, principalmente quando o assunto é perseguir Dale Barbara, com quem tem uma rixa pessoal.

Dale Barbara, tem que descobrir a causa da redoma e lutar contra os desmandos loucos de Big Jim, ele faz uma aliança com a repórter, proprietária e gerente do jornal O Democrata de Cherter’s Mill,  Julia Shumway,  eles lutam destemidamente, juntamente com outros moradores que não aceitam a autoridade de Big Jim e o que ele quer fazer na cidade. Nesse meio tempo, acontece muitas outras situações e inúmeras mortes. A cidade fica totalmente vazia e tristemente afligida por inúmeros acontecimentos aleatórios e enigmáticos.

Eu sou suspeita para falar dos livros de Stephen King, mas nesse livro ele se superou e devo dizer que o livro para mim,  é melhor que adaptação para a série de TV,  na minha humilde opinião.

O final é surpreendente? Nem tanto, apesar que, em diversos momentos eu achei que tudo podia ser uma artimanha do Sr. Big Jim, porém coitado (Só que Não) também era vitima de uma situação deplorável. Não vou dizer o que aconteceu com ele, mas na minha opinião eu o mataria de uma forma mais cruel. Desculpem, mas o Big Jim é odioso em todos os aspectos da palavra.

Bom pessoal, é isso, vale muito a pena ler o livro e viajar pelo mundo imaginário de Stephen King, embora, eu tenho certeza que no livro vocês vão poder conferir várias críticas nas entrelinhas, sobre a política, as fabricas de medicamentos, o uso de entorpecentes, a corrupção e como o homem escraviza as pessoas por meio da autoridade egocêntrica e prejudicialmente mortífera. Sem exagero, Sob a Redoma tem inúmeros temas para discutir e repensar em especial, nos valores distorcidos que o próprio homem impõe.

Boas leituras.

Daniela Corrêa

Anúncios

4 comentários sobre “SOB A REDOMA – STEPHEN KING

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s